Segundas intenções

Todos já ouvimos a expressão “fulano está com segundas intenções”.
Para entendermos melhor o que isso pode significar, vamos considerar que tudo o que fazemos, dizemos, pensamos, enfim; todos os nossos atos têm uma razão, um motivo ou intenção que nos fizeram agir desta ou daquela forma. A partir disso podemos dizer então que tudo é motivado por uma intenção primária, as atitudes que têm um objetivo oculto, e quase sempre para benefício próprio, podem ser chamadas de coisas feitas com segundas intenções.
Esta é uma definição bem simplista perto da complexidade da mente e emoções humanas, que interferem em cada ato ou palavra que pronunciamos, mas é um ponto de partida.
Uma atitude, uma frase, o desenvolvimento de um relacionamento, qualquer coisa pode ter intenções que não sejam primárias; por exemplo: uma pessoa que ocupa um cargo importante numa grande empresa pode ter 2 tipos de amigos; aqueles que têm simplesmente a intenção primária de serem companheiros e compartilharem suas vidas, e aqueles que desenvolveram uma amizade com a segunda intenção de se beneficiarem de alguma forma, pela posição ou importância do seu amigo.
Relacionamentos desenvolvidos a partir de interesses pessoais são bem mais comuns do que se imagina e atingem todas as classes da sociedade. Nos relacionamentos afetivos também acontece tal fato.
Muitas pessoas diriam que o motivo para terem se casado foi o amor, mas o amor que o mundo conhece, na minha opinião, sempre possui uma segunda intenção; seja ela financeira, posição social, satisfação sexual, realização de um projeto pessoal, entre tantas outras. Aquilo que muitos chamam de amor, é muitas vezes um sentimento egoísta, que busca alguma forma de benefício próprio.
Mas existe de fato amor sem segundas intenções? Amar simplesmente por amar sem receber nada em troca? Um amor que não depende de circunstâncias, que não avalia os “prós e contras”, um amor que simplesmente ama? Eu creio que exista, mas aí já não é mais um sentimento, e sim um dom de Deus. Ele sim, ama incondicionalmente.
Mas não vou colocar um ponto final aqui e simplesmente concluir que amor verdadeiro só o de Deus para conosco. Eu também acredito que este amor genuíno deve ser manifestado através dos seus filhos, creio que só assim nós estaremos refletindo a luz de Deus, a essência de tudo o que Jesus disse. “… amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há mandamento maior do que este…”. (Mc 12:31)
Não só no âmbito conjugal ou de namoro, mas também nas amizades, nós podemos, e devemos, manifestar o amor de Jesus, desenvolvendo relacionamentos onde não exista nenhuma outra intenção a não ser a própria manifestação do amor, formando assim uma grande família. É claro que a partir disso virão os inúmeros benefícios de se viver tendo ao redor pessoas que nos querem bem, mas o bem estar, a ajuda mútua e o prazer de termos com quem compartilhar nossa vida, são conseqüências, frutos do amor cristão manifesto em nosso meio através das pessoas à nossa volta. Gosto muito da expressão que um amigo usou uma vez para explicar a essência de sua busca por amizades, ele escreveu que deseja “encontrar Jesus no rosto das pessoas”, achei isso muito lindo. Deus nos fez viver em sociedade para que tivéssemos contato com outros seres imperfeitos como nós, para manifestarmos o amor incondicional com o qual Ele mesmo nos ama, só assim iremos realmente cumprir o propósito divino e o maior mandamento de todos, o amor.
“(Jesus) Tendo purificado as vossas almas na obediência à verdade, que leva ao amor fraternal não fingido, amai-vos ardentemente uns aos outros de coração…” (1Ped 1:22)

Anúncios

One Response to Segundas intenções

  1. Thiago disse:

    Gostei do seu texto.
    Obrigado, me ajudou…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: