Introspecção

Quando sentada ali mesmo no chão, coberto pela relva verde, uma pequena estrela no canto mais escuro do céu, ou a última folha de um Ipê despedindo-se do verão, podem adquirir um poder quase hipnótico, fazendo os olhos fixarem-se num só ponto por horas.
Passado e futuro passam a ocupar a mente, que parece desligada de tudo à sua volta.
Algumas lembranças do passado roubam lágrimas que escorrem pelo rosto, outras esboçam um leve sorriso nos lábios.
A expectativa do futuro traz esperança e ao mesmo tempo medo. Pensar em tudo o que está por vir, por si só já é cansativo, mas sem muita explicação sobrevém o ânimo.
Passado, futuro, tristeza, alegria, esperança, incerteza…
Tudo isso testemunhado por uma simples estrela ou uma folha solitária. Corpos inertes e indiferentes.
Mas não fique triste, quem os criou também estava ali, e entendeu cada um dos seus suspiros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: