Por que rejeitamos a doutrina do novo nascimento?

Quando Jonh Wesley passou de uma religiosidade vazia para uma experiência genuína de conversão, seus amigos de ministério o rejeitaram. O motivo principal era o assunto de suas pregações: O novo nascimento. Ao retornar à universidade de Oxford as autoridades religiosas o taxaram de persona non grata, combatendo tanto sua mensagem como seu ministério.

Este é um assunto que continua não sendo interessante para o cristianismo dos nossos dias. As pessoas gostam de sermões sobre auto-ajuda, prosperidade, compaixão e exortações sobre como colocar sua vida em ordem. Porém, há uma grande dificuldade em aceitar a doutrina do novo nascimento. Se um pregador se levanta perante o homem natural ou cristão nominal e diz: Você precisa nascer de novo, você precisa receber urna nova vida de Deus, eles consideram isso ofensivo.

Para o Dr. Lloyd Jones não há nada que demonstre tanto a profundidade do pecado no coração humano, como essa rejeição da doutrina do novo nascimento. Há no coração humano, por natureza, uma objeção enraizada para com a doutrina do novo nascimento. Segundo ele, a explicação mais óbvia para a rejeição, é que ela demonstra que estou num estado totalmente mal e numa condição tal, que não posso corrigir a mim mesmo. Nossa natureza tem dificuldade em admitir uma doutrina que remove toda a esperança no ser humano, afirmando que somos tão pecaminosos, tão corrompidos, que não podemos ser aperfeiçoados, sem passar por uma recriação em Cristo.

Sempre gostamos de uma doutrina que sugere que possuímos capacidade. Esta é uma das razões porque fazemos tanta objeção a esta doutrina da graça de Deus. A raiz do problema está em meu fracasso em reconhecer que estou face a face com Deus. Estamos acostumados demais a olhar para nós mesmos e comparar-nos com os outros. Acostumamos com os valores de um mundo de competição, desempenho, esforço. Aprendemos desde criança que só é possível progredir neste mundo se houver esforço de nossa parte. Assim transferimos isto para a realidade espiritual, esquecendo que não estamos diante dos homens, mas diante de um Deus transbordante de graça.

Outra razão porque desprezamos a doutrina do novo nascimento, é nossa falha em perceber a verdade acerca de nós mesmos. Nós temos um alto conceito a nosso respeito. O homem que faz oposição ao evangelho é aquele que pensa, em geral, que é muito bom e que um defeito de caráter pode ser facilmente concertado. Contudo, a verdade sobre cada ser humano, está no Salmo 51.5: Eu nasci em iniqüidade, e em pecado me concebeu minha mãe. Uma pessoa que recebe esta revelação sobre si mesmo, apegar-se-á firmemente a mensagem da cruz. Ela reconhece que foi formado na iniqüidade e que em pecado foi concebida. Quando dizem que ela está corrompida e que deve nascer de novo, declara: Eu concordo plenamente. Sei que meu coração é corrompido e em mim não salvação.

Também não podemos deixar de mencionar que é o novo nascimento uma doutrina humilhante. Vamos admitir que nenhum homem, por natureza, gosta de ser informado que precisa nascer de novo. É uma verdade que atinge a todos nós. Sair do controle e depender inteiramente da ação de Deus é a última coisa que queremos. Citando novamente Dr. Lloyd Jones: Nosso problema principal é o orgulho, nossa auto-satisfação, nossa auto-estima e nossa auto-confiança. O evangelho chega e acerta um soco mortal em nosso eu, e nós não gostamos disso. As pessoas nunca gostaram disso e ainda não gostam.

A doutrina do novo nascimento é uma mensagem incomodadora e ultrajante, todavia é a única maneira de se obter verdadeiros cristãos. Por meio dela, o homem experimenta o fim da vida de Adão, e inicio da vida de Cristo.

Texto do Pr. Júlio Cesar Lukarevski.

Anúncios

One Response to Por que rejeitamos a doutrina do novo nascimento?

  1. Leo disse:

    Oi Lu,

    Este texto confirma que vc realmente e uma boa “Batista”… sempre trazendo o novo nascimento a pauta!!!!

    Abracos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: