olhai as aves do céu

Sabe quando a gente é seduzido pelas futilidades do mundo moderno e quando nos damos conta estamos correndo atrás de um monte de coisas que, se analisarmos de verdade, não precisamos?

Diante das gigantescas cobranças da sociedade de hoje, às vezes bate uma ansiedade sufocante, aí eu me lembro do conselho do meu Senhor: “Olhai as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta (…)”

Talvez seja por isso que eu gosto tanto de ver passarinho! rsrs Já repararam? Seja segunda ou sábado, véspera de Reveillon ou quarta-feira de cinzas, eles estão do mesmo jeitinho, voando pra lá e pra cá, totalmente alheios às frescuras que nós inventamos, enquanto nós transformamos nossa vida numa corrida frenética atrás de … nem sei o que!

Todo mundo já sabe que dinheiro não traz felicidade, então por que corremos tanto? É claro que não estou fazendo apologia à vadiagem, a própria Bíblia diz pro preguiçoso aprender com a formiga e que aquele que não trabalha, que também não coma. Mas por que “precisamos” ter tantas coisas, tantos títulos? O que estamos buscando? Alegria? Reconhecimento? Significado? Amor?

Graças a Deus estou aprendendo a me desprender de “coisas”, mas talvez esteja mais presa à pessoas, e isso também precisa de equilíbrio. Sempre me pego buscando em pessoas a compreensão, significado e amor que, creio eu, só Deus pode me dar, por que o que busco, é demais pra uma simples pessoa .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: