Quando eu era adolescente, achava que aos 30 anos de idade já saberia quase tudo a respeito da vida.
Mas aos 30, eu comecei a perceber a cada instante mais coisas que ainda tenho a aprender.
Hoje, aos 35, eu estou deixando de ficar brava comigo pelas coisas que ainda não sei, e começando a sentir prazer no processo de aprendizagem. E também a descobrir que boa parte da graça de viver está no aprender.

“É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe”
Epíteto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: