Quem é este menino afinal?

dezembro 25, 2016

Menino-Jesus-na-manjedoura.jpg

A Bíblia nos conta no evangelho de Lucas capítulo 2, que havia um homem chamado Simeão, ele era justo e muito temente a Deus. O Senhor havia dado uma promessa a este homem, que antes de morrer, ele veria o Enviado de Deus.
Simeão então se agarrou à promessa do Senhor, e passou o resto dos seus dias esperando o cumprimento da profecia, mas não uma espera tediosa e desanimada, como se estivesse esperando sua vez na fila do banco, mas com o coração aquecido de grande expectativa e esperança! Simeão ansiava todos os dias pelo cumprimento daquela promessa maravilhosa.
Até que um dia, Deus lhe disse para ir ao templo em Jerusalém, para finalmente contemplar o Filho de Deus. Chegando lá, Simeão se deparou com uma jovem mãe e um bebezinho no colo. Ele se alegrou muito e disse: “Agora, Senhor, despedes em paz o teu servo, Segundo a tua palavra; Pois já os meus olhos viram a tua salvação, a qual Tu preparaste perante a face de todos os povos; Luz para iluminar as nações, E para glória de teu povo Israel.” Lucas 2:29-32
Simeão não viu um rei poderoso que sobrepujasse todas as nações diante de Israel, como muitos judeus aguardavam, tampouco viu um homem andando sobre as águas ou ressuscitando mortos. Ao invés disso, Simeão viu apenas um bebê, exatamente igual a qualquer outro que ele já havia visto, cheirando a leite, babando e sem saber fazer nada além de chorar. Mas a fé e devoção daquele homem era sincera, e a presença do Espírito de Deus em sua vida fez com que ele visse naquele bebezinho, todo o grandioso e eterno plano de Deus para a redenção dos homens. Ele então levantou os olhos aos céus e com o coração jubiloso louvou ao Senhor e ficou plenamente satisfeito.

Hoje nós não temos somente o testemunho de um bebê nos braços da jovem Maria. Hoje nós temos o testemunho documentado de que o menino da manjedoura calou mestres e doutores com sua sabedoria; curou enfermos; ressuscitou mortos; andou sobre as águas; expulsou demônios; cessou tempestades com sua voz; morreu, ressuscitou e dividiu a História.
Temos muito mais sinais do que Simeão teve, mas será que você pode dizer de todo seu coração: “Senhor, os meus olhos viram a tua salvação, a qual Tu preparaste perante a face de todos os povos”? Ou será que para você, Jesus ainda é apenas aquela figura do bebezinho no presépio?
Perceba que existiram muitos naquela época que viram Jesus em toda sua demonstração de poder, e muitos dos que foram testemunhas oculares dos seus milagres magníficos, não experimentaram nenhuma mudança em suas próprias vidas, porque não creram.
Ou seja, o nascimento, morte e ressurreição de Jesus Cristo, são a concretização dos planos eternos de Deus, estabelecidos antes da fundação do mundo, quer você saiba disso ou não. Mas na tua vida em particular, isso só fará diferença se você de fato crer de todo o coração. “A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.” Romanos 10:9

Simeão viu apenas um bebê e creu no Filho de Deus; os magos viram apenas uma estrela no oriente e creram; no Antigo Testamento os servos de Deus nem mesmo viram nada disso, mas creram na promessa da redenção divina. É como disse Jesus ao duvidoso Tomé: Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram.” João 20:29

Hoje nós não estamos vendo Jesus Cristo encarnado (mas O veremos no futuro), porém temos agora o testemunho das mais de 300 profecias escritas séculos antes de seu nascimento e cumpridas na vida de Jesus. Temos o testemunho documentado dos seus discípulos, e de tantos mártires que vieram após. Temos o testemunho da própria Bíblia, que é o livro mais perseguido da História e mesmo assim, o livro mais lido da História.

E então? Quem é Jesus para você? Um bebê no presépio? Um personagem nos teatros de Natal? Uma história no cinema? Uma divisão no calendário? Uma vaga lembrança de final de ano? Um profeta? Um personagem histórico? Ou mesmo um nome a ser lembrado somente aos domingos?
Enquanto Ele for só isso para você, a Sua vinda poderosa a este mundo não causará nenhum impacto na tua história particular.

Devemos viver todos os dias com grandes expectativas pelas promessas de Deus, com a mente focada nas coisas do alto e o coração cheio de fé, tal como Simeão vivia. Não é à toa que o Espírito de Deus estava com ele.
Hoje temos as promessas e profecias a respeito da volta gloriosa de Jesus e nosso encontro com Ele, para estarmos eternamente juntos de nosso amado Senhor! Aonde não haverá mais dor, nem injustiça, nem choro, nem tristeza alguma.
Será que vivemos com o coração aquecido por essas promessas? Será que vivemos como a Bíblia ensina: Pensando nas coisas lá do alto e não nas daqui da terra? (Colossenses 3:8)
Ou será que nós dizemos apenas: “ah sim, Jesus, o filho de Maria que nasceu em Belém, já conheço essa história…”. A Bíblia relata que desta maneira pensaram muitos conterrâneos de Jesus, e por esta atitude, mesmo estando diante do Deus encarnado, muitos sequer viram seus milagres, por causa da incredulidade deles. (Mateus 13:58).

E você? Seu coração anseia pela vinda de Jesus? Você vive pensando nas coisas do alto? Você deseja com grande expectativa e alegria estar para sempre com O Amado Salvador?
Jesus já veio, já nasceu, morreu, ressuscitou e já subiu aos céus, cumprindo a promessa e as profecias, e consumou o plano eterno de Deus para o perdão e a salvação do ser humano. Mas na tua vida isso só fará diferença, quando houver fé e devoção completa do teu coração, aí então, você O conhecerá não apenas como o personagem do Natal e da Páscoa, mas como Aquele que disse: “e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” Mateus 28:20

E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coraçãoJeremias 29:13

Anúncios